Atendimento via chat
Atendimento via chat

Alunos da Psicologia Fagoc palestram sobre a Campanha Setembro Amarelo


 

Os alunos do curso de Psicologia da Fagoc foram convidados para ministrar palestras sobre a campanha setembro amarelo, na Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG) e na Escola Estadual Deputado Carlos Peixoto Filho. Segundo informações da Organização Mundial da Saúde (OMC), mais de 90% dos casos de suicídio, uma das primeiras causas de morte de jovens no Brasil, está associado a distúrbios mentais.

 

Caroline Coelli, aluna do 9º período de Psicologia da Fagoc, que ministrou a palestra acontecida no dia 17 de setembro, na UEMG, falou sobre a importância de cuidar da saúde da mente.

"As vezes, nos esquecemos de como nossa mente pode afetar nossas atividades diárias e nossa vida como um todo. Saúde mental diz respeito de como tomamos decisões em nosso cotidiano e como organizamos as situações que acontecem a nossa volta. Quando saímos desse equilíbrio, como forma de proteção, o corpo passa a ter reações e não acreditamos que sejam de fundamento emocional".

 

Outra palestra sobre o tema aconteceu no dia 25, na E.E. Deputado Carlos Peixoto Filho. Na oportunidade, os alunos do 9º período de psicologia Aline Ribeiro, Caroline Coelli, Maria Paula Abelha Monteiro de Castro Cortez e Roberto Silva Filho palestraram no 1º Encontro de Saúde Mental da escola supracitada. 


"Um momento de troca de conhecimentos entre alunos de várias faixas etárias, com o  objetivo de ressaltar a importância de olharmos para nossa saúde mental e para as questões que nos cercam durante nossas vidas", revelou Maria Paula sobre a palestra. Caroline Coelli completou que "a saúde mental deveria ser algo ensinado desde os primeiros anos escolares e durante nosso desenvolvimento".

 


Alunos de Psicologia da Fagoc palestram sobre a campanha Setembro Amarelo. (Foto: arquivo pessoal | Caroline Coelli)

 

A bióloga e professora do curso de Agente de Saúde, Daiani Aparecida Gomes Teixeira, deixou os agradecimentos aos alunos que contribuiram para o evento.


"Espero ter a oportunidade de continuar dando aos meus alunos essa chance de ouvir sobre aquilo que não vemos, mas sentimos. Deixo aqui meu agradecimento a Fagoc e ao curso de Psicologia por capacitá-los a fazerem esse ótimo trabalho e aos alunos pela dedicação e carinho com que desempenharam tal tarefa".